Evitar idas à urgência por causa dos hoverboards e dos skates

E a moda dos hoverboards teria que chegar à literatura científica. Um artigo recente na revista da Academia Americana de Pediatria analisou os ‘estragos’ deste novo brinquedo: Pediatric Hoverboard and Skateboard Injuries. Quando li este artigo torci o nariz. Colocar hoverboards e skateboards no mesmo saco? É quase ofensivo para o pai dum skateboarder empenhadoContinue a ler “Evitar idas à urgência por causa dos hoverboards e dos skates”

Como detectar e tratar a displasia da anca do bebé?

Há muito tempo que não trazia um convidado especialista. O Dr. Nuno Alegrete é um ortopedista infantil meu amigo a quem encomendei um texto sobre a Displasia da Anca, por ser um tema que interessa muito aos pais de recém-nascidos. O Nuno é pai de pai de dois filhos: o João, com 14 anos, eContinue a ler “Como detectar e tratar a displasia da anca do bebé?”

Antecipar e evitar acidentes na neve

Vêm aí as férias da Páscoa, que, para mim, é a época perfeita para uma visita à neve. Mais, esta família cé unânime em concordar que são as melhores férias do ano. Por razões várias, este ano não conseguiremos fazer férias nessa altura, pelo que eu e o JM aproveitámos a viagem duns amigos professoresContinue a ler “Antecipar e evitar acidentes na neve”

O que nos diz a ciência sobre actividade física e sucesso escolar?

Este artigo no Pediatrics chamou-me atenção para alguns pontos importantes sobre a educação dos nossos filhos. Trata-se duma revisão de 26 estudos publicados sobre a relação entre actividade física e sucesso escolar. Das conclusões principais, destacam-se: a actividade física livre entre os períodos das aulas (mesmo que apenas 10 minutos) contribuem para o aumento sucessoContinue a ler “O que nos diz a ciência sobre actividade física e sucesso escolar?”

O Que Sabem os Pais Sobre o Tratamento de Queimaduras?

Este é o título dum trabalho de investigação que uns colegas aqui do Porto fizeram e em que este blogue particiou de forma voluntária e digital. Entre 26 de Julho a 12 de Agosto de 2016, foi disponibilzado um inquérito online, «em dois blogs sobre temas pediátricos (http://www.eosfilhosdosoutros.com e http://blogpediatriaparatodos.blogspot.pt)». O questionário incluía informação demográfica, questõesContinue a ler “O Que Sabem os Pais Sobre o Tratamento de Queimaduras?”

Correr riscos é mais saudável

Há dias, também ouvi um outro podcast interessante. Foi no já conhecido TSF Pais & Filhos. O resumo de um debate sobre Segurança e saúde. Os convidados foram Sandra Nascimento, presidente da APSI (Associação para a Promoção da Segurança Infantil), Carlos Neto, professor e investigador da Faculdade de Motricidade Humana, Hugo Guinote, Diretor da DivisãoContinue a ler “Correr riscos é mais saudável”

A minha vida de deputado

Pode até parecer que sai um bocadinho das temáticas deste blogue, mas verão que vem cá dar. Em Novembro do ano passado, candidatei-me e acabei por ser seleccionado para intregrar o Health Parliament Portugal (HPP) como ‘deputado’. O HPP é uma iniciativa da Jansen, da Microsoft, do Expresso e da Universidade Nova de Lisboa, comContinue a ler “A minha vida de deputado”

Como ensinar uma criança a engolir comprimidos?

Há uns meses, o JM esteve doente. Como tinha que tomar um medicamento cuja dose só estava disponível em comprimidos, tentámos desfazê-los com água. O sabor era integrável e a sensação dos grãos na garganta despertavam-lhe o vómito. Alternativa? Aprender a engolir comprimidos.   Como bom pai, procurei no Doutor Google. Swallow, pills, children, search.Continue a ler “Como ensinar uma criança a engolir comprimidos?”

Evitar internamentos das crianças é também ser minimamente invasivo

Há muito que defendo que cirurgia minimamente invasiva não é só fazer incisões pequenas. Para além de evitar cicatrizes, minimizar a dor e os impactos fisiolǵicos de cada cirurgia, é importante reduzir a invasão, seja ela física, psicológica e (porque não) social. Assim, percebe-se facilmente que nós, cirurgiões pediátricos, seremos menos invasivos para as nossasContinue a ler “Evitar internamentos das crianças é também ser minimamente invasivo”

Porque é que não fiz a recolha de células estaminais dos meus filhos?

É muito frequente perguntarem-me se aconselho ou não a recolha de células estaminais do cordão umbilical. Amigos e leitores ‘grávidos’ interpelam-me com este assunto sempre que chega à altura de desembolsar umas centenas de euros (não estou a par dos preços) pela promessa da preservação das células estaminais, que um dia poderão salvar o seuContinue a ler “Porque é que não fiz a recolha de células estaminais dos meus filhos?”